Posts Tagged ‘Petisco’

Um cachorro fica obeso por quê?

Obesidade… Palavra forte, vamos tratar aqui como excesso de peso, excesso de gostosura, e um pouquinho de gordurinha!

Aqui no blog já falei sobre a Obesidade felina, neste post vamos abordar o tema em cães.

Para entender como um cão adulto torna-se obeso devemos voltar á sua infância, e como os nossos atos podem influenciar o nosso amiguinho.

Consideramos um cão obeso quando este atinge um aumento de 15 a 20% em relação ao seu peso ideal.

Nos cães é difícil de definir o peso ideal devido à diversidade racial, por isso utilizamos o escore corporal.

Mas como ele fica assim? E como evitar desde filhote?

Graças à mãe o filhote adquire a capacidade de autocontrole, ela permite a ele controlar a força da mordida e reconhecer a sensação de saciedade.

Durante o desmame, o cão aprende a controlar a frustação de não ter alimento sempre ao seu dispor. Portanto um filhote retirado da convivência com a sua mãe não aprenderá a lidar com as frustações da vida.

O ideal é separar o cão da  mãe apenas após oito semanas de vida, e em casa até a 15 semana aproximadamente o proprietário terá que lidar com um filhote pidão.

Nesta fase devemos controlar a nossa ansiedade e a vontade de agradar o novo amigo. Na nossa sociedade a principal forma de agradar é oferecer alimento, o famoso café para as visitas. Porém lamento informar com os cães não funciona assim não, oferecendo alimento a vontade e com variedade estamos estimulando o cão a comer além das suas necessidades nutricionais e como resultado podemos ter um cão com excesso de peso.

Outro perigo é o adestramento utilizando petiscos, funciona no processo de aprendizagem, mas deve ser evitado na vida adulta. os petiscos são  muito calóricos e administrados em  excesso irão refletir no peso. Substituir aos poucos o petisco por carinho é uma solução.Veja o post “Como administrar petiscos sem problemas

Outro comportamento comum é a ansiedade do filhote na hora de comer a ração, um fator determinante pode estar na retirada do potinho, evite vigiar e incentivar o seu cão a comer. Ofereça o alimento e deixe o seu cão comendo tranquilamente. Caso ele não tenha comido não retire o pote na frente dele, chame-o em outro cômodo e retire depois o pote, ele pode tornar-se ansioso por nunca saber se o alimento vai ficar ou não disponível.

Exercite o seu cão, crie uma rotina de brincadeiras. Com isso o filhote gasta energia, diminui a ansiedade natural e cria laços de amizade com você.

Esse é o primeiro passo, evitar o excesso de peso desde filhote para que os nossos cães possam viver conosco muito tempo e com muita saúde.

No Cão adulto se ele ficou obeso o que fazer? Veja este post Obesidade no cão adulto| O que fazer?

Escreva neste post. Coloque aqui no blog Sobre Cães e Gatos as suas dúvidas e sugestões.

 

07

11 2011

Como administrar petiscos sem problemas

Que osso!

Vou morrer, foi o que pensou minha pequena maltês… comi muito rápido o palitinho. Tava bom, mas não desceu…. Aí socorro, como vou resolver….vou pedir ajuda a minha doninha, ela vai ver. Fecho os meus olhinhos e faço cara de vitima!

-O que foi minha querida? Engasgou?

Se alguém já passou por uma situação destas com seu amiguinho sabe o desespero que dá, alguns saem correndo para o veterinário e outros pedem para São Francisco desengasgar seu cachorro.

Esta situação pode ser evitada. Para os nossos amiguinhos não devemos oferecer petiscos como bifinhos e palitinhos se eles estiverem em estado de excitação, temos que acalma-los. Pois é fácil falar, mais como fazer? Bom… seguem algumas dicas.

  1. Petiscos devem ser oferecidos como recompensa e nunca como alimento principal.
  2. Ofereça o petisco entre as refeições, de maneira comedida, assim o amiguinho estará com menos fome e não irá com “muita sede ao pote”.
  3. Pode-se colocar os petiscos em brinquedos próprios que aguçam o paladar e difultam o acesso, o pequenino assim gasta energia e se delicia com a guloseima

                 

 Compre um bom petisco e boa brincadeira.

02

08 2011