Posts Tagged ‘Olfato’

Como é o olfato dos felinos

Os felinos são conhecidos por ter o olfato menos desenvolvidos que os cães. Será mesmo?

O comportamento de olfato já começa a se manifestar logo após o nascimento, com isso ele garante a sua sobrevivência, pois é através dele que ele identifica a sua mamãe e principalmente a tetinha recheada de leite. Se ele é afastado de sua mãe mesmo com dias ele consegue retornar ao ninho somente pelo cheiro.

Após três semanas de vida o olfato já não é tão fundamental para a sua sobrevivência.

No adulto felino o olfato é utilizado mais como um instrumento social  do que para a caça, esse é um dos comportamentos que diferencia os cães dos gatos.

No caso dos cães o olfato é fundamental para caça, eles possuem muitos bulbos olfativos que permitem sentir odores que nós humanos nem sequer podemos imaginar, já os nossos amigos felinos… Possuem quase a mesma quantidade que os nós, a quantidade é de cerca de 67 milhões de células, apenas 15 milhões a mais que nós.

O olfato é principalmente utilizado para reconhecimento de ambiente e comunicação entre outros gatos.

Entre os gatos o primeiro contato é cara a cara, aqueles famosos beijinho de gato, e em seguida cara ao ânus, e é assim que eles se cumprimentam e se cheiram.

Mas o que é de muita importância para os felinos são os odores ambientais, e é aqui que o olfato é  exercido em sua plenitude.

Pois os gatos liberam ferormônios, especialmente os da bochecha, e são eles que determinam seu território, sua família e sua tranquilidade.

Para sentir esses odores os felinos exibem um comportamento chamado de Flehmen. O gato quando fareja uma fonte de odor específica normalmente toca com a ponta do nariz e as vezes com  a língua, em seguida ergue a cabeça, mantém os lábios voltados para trás, o nariz enrugado e a boca parcialmente aberta para a inalação. Com isso ele abre os ductos nasopalatinos e libera odores para o orgão vomeronasal, esse é uma estrutura quimiorreceptora  localizada no septo nasal.

Esse odor recebido é interpretado e a resposta pode ser através de um comportamento sexual, alimentar, social ou de defesa, dependendo do estímulo.

Ai você me diz, nunca vi um gato fazer isso! E eu te digo já viu sim, eles exibem muito esse comportamento em situações de estresse como ir ao veterinário por exemplo. Visualmente parece que o gato esta de boca aberta ou com calor. Através deste reflexo eles conseguem sentir mais profundamente os odores do ambiente.

E uma curiosidade sobre o olfato dos felinos é a sua repulsa por cheiro de naftalina. Eles odeiam!

Portanto para os felinos o olfato é utilizado como instrumento social, familiar e de território, por isso o seu cheirinho é tão importante para sua tranquilidade!

Escreva neste post as suas dúvidas e opiniões. Aqui no Blog Sobre Cães e Gatos você encontra informação e diversão.

23

02 2012

A idade chega para todos

Yuri meu Idoso

Dificuldade para descer escadas, andar mais lento, demorar para atender a um chamado, são sinais de que algo mudou, o tempo passou e o corpo já não é o mesmo.

Para quem pensou que estou falando de uma pessoa idosa, acertou, mas não a pessoa e sim de um idoso, um cão idoso.

A idade chega e percebemos que aquele cachorrinho que conhecíamos já não é mais o mesmo.

As alterações no idoso são muitas, podem aparecer dificuldades de visão, audição, artrose entre outras.

Procure o seu veterinário de confiança e faça sempre exames preventivos no seu cachorro, problemas diagnosticados cedo podem ser tratados, ou minimizados prolongando com qualidade a vida do nosso amiguinho.

Mas para aqueles que já estão cegos, o que fazer?

Uma dica legal para aqueles cachorros que estão esbarrando nos moveis em casa é colocar cheiro nas quina, o olfato dos cães é apurado, procure comprar um perfume que não se assemelhe a nenhum outro que você use para não confundi-lo. Aplique diariamente ou em dias alternados. Não tem necessidade de aplicar muito.

Eu recomendo o uso do spray aromatizador de lençóis e toalhas da Greenleaf, utilizei o Valencia pois achei suave e agradável.

Não mudar a decoração da casa é importante, pois o velinho se acostuma e aprende a desviar.

Procure sempre passear pelos mesmos lugares, ele se sentirá mais seguro pois os cheiros são familiares e o passeio será proveitoso.

Para que ele não se assuste com pessoas estranhas, seja em casa ou no Pet Shop, a orientação é sempre aproximar-se devagar, oferecendo a mão para ele cheirar , ou o antebraço, assim ele saberá que tem alguém se aproximando.

Muito carinho, paciência e amor o nosso vovozinho viverá feliz e confortável.

18

07 2011