Archive for novembro, 2011

Coleiras com GPS para Cães e Gatos

A angustia de perder o melhor amigo eu senti uma vez na minha vida, quando perdi o Duque meu vira-lata, eu  fui passear com ele sem coleira, foi a última vez juro, e ele fugiu atrás de uma cachorrinha no cio. Encontrei-o  dois dias depois. Graças a Deus!

Foram com certeza um dos piores momentos da minha vida, o desespero de não saber o que estava acontecendo, como ele estava, não gosto de lembrar.

Hoje em dia, as coisas estão um pouco diferentes, podemos rapidamente recorrer às redes sociais para procurar o nosso amigo perdido e ganhamos mais uma tecnologia, as coleiras com localizadores por GPS.

Encontrei muitos tipos e marcas para vender em sites como na Amazon.com. Clique aqui e veja os modelos e preços.

A maioria vem com bateria ou pilhas o que permite maior durabilidade.

Para localizar o nosso amigo é simples. Ele utilizará uma coleira com o localizador e ao apertar um botão recebe-se a localização do cão ou gato no telefone celular, computador ou empresa de monitoramento.

A empresa Tagg americana possui um sistema bem elaborado aonde a localização é fornecida através  do site da empresa. E a bateria da coleira dura em média 30 dias, a empresa avisa enviando em SMS para o celular do proprietário quando a bateria da coleira esta fraca e pode prejudicar a localização do nosso amigo.

 

Veja no vídeo como funciona:

Existem outros modelos de localizadores mais simples. Estes funcionam com um bipe sonoro. Neste caso é acoplado um cartão na coleira do cão e ao apertar o dispositivo ele começa a bipar até localizar o alvo. A desvantagem deste sistema é o alcance muito pequeno, caso o cão ou gato saia do perímetro de alcance do dispositivo ele não consegue encontrar. Veja aqui o outro modelo.

Importante sempre é manter o seu cão ou gato com identificação. Escrevendo em uma medalhinha na coleira o nome dele, o seu nome, telefone, endereço e minha sugestão também é incluir na plaquinha as redes sociais das quais você participa como o twitter, facebook e é claro e-mail.

E sempre estar de olho nestes fujões. Para que eles possam estar sempre ao nosso lado em todos os momentos.

Bom início de semana para todos!

Escreva neste post, coloque aqui as suas dúvidas e opiniões. O Blog Sobre Cães e Gatos é um canal aberto para sua participação.

 

28

11 2011

Cachorros independentes

Existem alguns cães que são umas figuras… Brincam sozinhos de diversas maneiras.

O Yuri (poodle) quando mais novo brincava com sua bola o dia todo, chegava a cansar.

Só que ele não cansava, quem ficava acabada era eu. Essa turminha encontrou a sua maneira de brincar muito independente.

Brincam sozinhos e se divertem! O que é ótimo é claro.

Esse joga a bolinha para ele mesmo e nem percebe. Não dá para explicar!

Aqui o amiguinho tem uma máquina para jogar as bolinhas para ele!! Com certeza o auge da independência!

O que podemos aprender com essa turma?  Na minha opinião eles adoram uma bolinha e seus proprietários!

Bom fim de semana para todos!

Aqui no Blog Sobre Cães e Gatos você encontra diversão e informação. Comente este post.

25

11 2011

Jardins para cães | Parte 3

Para ter um lindo jardim para você e para o seu cachorro é preciso estar atento às plantas que podem ser potencialmente tóxicas para o nosso amigo.

Confesso que fiquei surpresa com a quantidade de plantas perigosas para os cães e também para as crianças.

E continuando a série Jardins para cães, hoje vamos abordar no último post as plantas mais comuns encontradas em nossos jardins.

Vale a pena ver antes o Jardins para cães| Parte 1 e Jardins para cães| Parte 2.

A primeira na lista é o Comigo Ninguém Pode ( Dieffenbachia picta),  famoso com suas folhas largas e vistosas. Ao ingerir qualquer parte da planta rapidamente a língua, boca e garganta começam a inchar. O cão sentirá muita dor e desconforto, podendo também apresentar diarreia, vômito e cólicas abdominais.

Comigo Ninguém Pode

Essa reação é causada pelo oxalato de cálcio presente na forma de cristais por toda a extensão da planta.

As mesmas reações ocorrem com o Copo de Leite ( Zantendeschia aethiopica), Costela de Adão ( Monstera deliciosa), Espada de São Jorge ( Sansevieria zeylanica ), pois todas possuem a mesma substância tóxica, o oxalato de cálcio.

A Coroa de Cristo (Euphorbia milii) é uma planta que possui uma seiva leitosa que em contato com a pele provoca irritações e coceira se acaso atingir os olhos ela pode causar úlceras de córnea e perda da visão. Além de ter diversos espinhos que podem machucar. Essa plantinha é muito utilizada como cerca e deve ser evitada.

Coroa de Cristo

O Bico de papagaio (Euphorbia pulcherrima) pertence a mesma família da Coroa de Cristo e sua seiva é tão poderosa quanto, se ingerida pode causar problemas intestinais e delírios.

Bico de Papagaio

Flores lindas como as Margaridas (Leucanthemum vulgare ) podem causar irritatação na pele e coceira. A parte tóxica da planta é o caule e as folhas.

As Hortências (Hydrangea macrophylla ) também são tóxicas, mas apenas os botões da flor, se ingeridas causam diarreia e vômito. Neste caso ela só intoxica em uma época do ano, no verão.

As Azaléias (Rhododendron sp)  são potencialmente tóxicas para o coração, afetando o funcionamento cardíaco podendo causar severas arritmias no nosso amiguinho.

Azaléia

E a mais perigosa de todas é a Mamona (Ricinus communis ), realmente esta é uma planta assassina. A parte toxica é a semente, apenas três podem matar uma criança e oito um adulto, para um cão de pequeno porte apenas uma pode fazer muito mal. A culpada por isso é uma proteína chamada ricina, altamente letal.

No caso da ingestão de alguma destas plantas, procure imediatamente um veterinário. De preferência leve a planta ingerida junto para que ele possa identifica-la e agir o mais rápido possível para minimizar os sintomas e reverter o quadro de intoxicação.

Em caso de dúvida você pode entrar em contato com o centro de intoxicação da sua cidade. Encontrei um portal com os telefones nas principais capitais do país e de muitas cidades do interior, vale a pena ter esse link. Clique aqui.

Ter um lindo jardim é possível sim!

E estar atento aos detalhes determinará que o seu cão seja feliz em um lindo jardim e que você possa desfrutar destes momentos com ele.

Coloque aqui no Blog Sobre Cães e Gatos suas opiniões e dúvidas, escreva neste post.

24

11 2011

Jardins para cães | Parte 2

Muitos são os perigos que podem estar por trás de lindas plantas de jardim e de algumas árvores frutíferas.

Na continuação do post de ontem Jardins para cães| Parte 1, vamos falar das plantas que podem ser potencialmente tóxicas para o seu cão.

Vamos começar pelas árvores frutíferas, comuns nos jardins do Brasil.

Devemos tomar cuidado com o Abacate, Pêssego, Ameixa, Uva , Caju e Cacau.

O Abacate possui uma toxina chamada persina, esta passa do caroço para a poupa e pode intoxicar os cachorros mais gulosinhos, os sintomas são de diarreia, vômito e até mesmo problemas cardíacos, pois a toxina pode causar necrose cardíaca. Esta toxina não afeta os humanos por isso podemos tranquilamente continuar comendo abacate.

No Pêssego e na Ameixa o que é tóxico é o caroço, que possui ácido cianídrico, causando intoxicação por cianeto nos cães. Muito grave e pode levar o amigo a morte.

 

A intoxicação pela Uva não esta bem elucidada, encontrei relatos nada conclusivos. Nos EUA foram feitos estudos com a uva e a intoxicão acredita-se ter ocorrido mais pela presença de  agrotóxicos e micotoxinas na fruta. No cão há relatos de problemas renais e nefrite.

O Caju contém na casca uma toxina irritante para a pele, a toxina urushiol também é encontrada na hera venenosa.

No caso do Cacau a toxina culpada é a teobromina, os cães possuem dificuldade para metabolizar esta substância. O cachorro permanece excitado, com taquicardia podendo ocasionar até mesmo convulsões. O fruto ocasiona a mesma intoxicação causada pelo chocolate.

O que isso tem a ver com jardins? Tudo não é mesmo, pois muitos jardins possuem plantas frutíferas e  devemos estar atentos a possíveis ingestões destas frutas.

Caso você tenha alguma destas árvores em seu jardim ensine o seu cão a não ingerir o que pode intoxicar.

Diante de qualquer sinal de intoxicação encaminhe o seu cão ao veterinário e informe a ingestão destas substâncias para que ele possa intervir e reverter o mais rápido possível o quadro.

Amanhã aqui no Blog Sobre Cães e Gatos a continuação da série Jardins para cães, no próximo post falará das plantas de jardim tóxicas para cães.

Escreva neste post, coloque aqui as suas dúvidas e opiniões.

 

23

11 2011

Jardins para cachorros| Parte 1

Cava… Cava… Cava… Você chega em casa e é aquela tristeza, aquelas suas lindas flores todas destruídas e diversos buracos por todo quintal. Ai… Que Raiva!

Calma, é possível sim ter um lindo jardim sem que ele seja destruído pelo seu cachorro.

Para começar precisamos conhecer o temperamento do nosso amigo, existem cães que são mais “ligados á natureza” por assim dizer e adoram dar uma cavadinha na terra. Os Daschunds, Beagle e outras raças terrier são mais propícias a esse comportamento.

Neste caso vale a pena investir em um adestramento, este post dá dicas bem legais para você ensinar o seu cão: Oito dicas para o cão parar de cavar o jardim.

Agora mãos a obra, ou melhor, a terra.

Vamos iniciar o jardim delimitando o espaço que o seu cão pode ir, neste caso vamos trabalhar com cercas. Utilize a cerca em todo o perímetro do jardim, evite deixar espaços grandes entre ela, pois os cães são curiosos e fatalmente vão descobrir aquele buraquinho que ficou na cerca. O material a ser utilizado fica a seu critério, não utilize nada que possa machucar o nosso amigo, evite as cercas vivas, estas são feitas com plantas que contém espinhos.

Reparem quais são os caminhos frequentemente utilizados pelo seu cachorro, geralmente são em torno da casa, em torno da cerca e na direção da entrada da casa. Nestes locais evite a grama e opte por algo que resista mais ao pisoteamento como pedrinhas, lajotas e até mesmo piso.

Opte por uma grama mais resistente, encontrei nas indicações de paisagistas dois tipos de grama, a Catarina por ser mais resistente e a Batatais por ser mais rústica. As duas suportam o pisoteamento constante do seu cão.

As plantas devem ser escolhidas com muito cuidado. Escolha plantas mais altas e encorpadas, evite as barulhentas e leves, pois atraem a atenção do cachorro e ele pode atacar a planta com o intuito de brincar e com isso fazer um estrago.

As plantas mais recomendadas são a Arecana Bambu (Dypsis Lutescens), Cicas e Bela Emília.

 

Para as flores mais delicadas fica muito bonito fazer um jardim vertical, com vasinhos na parede por exemplo.

Na hora de adubar evite os adubos que contenham farinha de ossos. A farinha tem um cheirinho gostoso para cão e vai atrai-lo, com isso ele cava e destrói um pedaço do jardim. Opte pelos adubos químicos, e no dia em que for adubar retire o cachorro do ambiente para evitar intoxicações.

Para o xixi…O ideal é molhar regularmente com água aonde o cachorro faz o xixi, com isso retiramos o excesso e evitamos as manchas amareladas que eventualmente podem aparecer. Geralmente eles elegem um local mais afastado e fofo (cães buscam superfícies que são de fácil absorção), para alguns machos pode funcionar colocar um postinho, ou uma garrafa pet.

Muitas plantas são tóxicas para os cães, a lista é grande e por isso amanhã teremos um post exclusivo sobre Plantas Tóxicas.

Escreva neste post, coloque aqui as suas dúvidas e opiniões. O Blog Sobre Cães e Gatos terá um imenso prazer em respondê-lo.

 

22

11 2011

Paredes recheadas de gatos

O post  de sexta sobre cozinhas planejadas para cães e gatos: O melhor Lugar da Casa. Fez tanto sucesso que hoje resolvi continuar no tema. Decoração e Conforto! Para os nossos amigos é claro!

Encontrei esta empresa em Taiwan, a Catswall.com  que fabrica uma parede modular para gatos, é um verdadeiro condomínio para os gatos.

Ideal para quem possui mais de um gato. A ideia para montagem é simples, instale-se uma base de alumínio na parede e em seguida as caixas e as escadas.

Todas as casas tem um tema (chique né?). temos caixas com formato de gato, patinha, peixe.

Todas podem ser abertas e limpas com facilidade.

Esse tipo de parede tem como finalidade enriquecer o ambiente do felino, gerar atividade, pois eles tem que subir pelas escadinhas para chegar ás caminhas, e ainda pode-se esconder petiscos nas casinhas para incentivar a pratica de exercícios. Tirar o gatinho da monotonia, esta é a palavra de ordem.

Infelizmente só vende em Taiwan… Mas a ideia esta lançada!

Um bom início de semana para todos!!

Aqui no Blog Sobre Cães e Gatos você encontra informação, diversão e ideias para os seus companheiros cães e gatos.

21

11 2011

O melhor lugar da casa

Aqui em casa eu tenho um sério problema… Um bom lugar para os potinhos de água e comida, minha lavanderia é muito pequena  e a minha cozinha não foi planejada pensando em cachorros ou gatos. Resultado os potinhos passeiam pela casa e pela cozinha ora fugindo do sol ora para que ninguém chute e voe ração por tudo.

Pensando nisso fui pesquisar e achei ideias geniais para a cozinha, afinal os cães e gatos são membros da família e merecem o seu lugar de destaque.

Aos amigos arquitetos e designer de interiores é um mercado a ser explorado.

Nesta primeira cozinha a família possui três animais, os potinhos são acoplados ao móvel e neste mesmo móvel na parte superior temos gavetas para guardar a ração e os petiscos da bicharada. Os potes de inox facilitam a limpeza.

Nesta outra cozinha aproveitou-se o espaço embaixo do micro-ondas, a ideia é semelhante. Neste caso como é para um cão apenas pode-se colocar os potes de água e comida lado a lado. O aproveitamento de espaço é 10!

Inserir os cães no ambiente familiar é importante e quer melhor local que na sala de jantar.

Os donos de gatos sabem  que é impossível segurar o bichano e impedir que ele suba na mesa da cozinha, no fogão, ou seja, por tudo. E por que não resolver este problema inserindo os bichanos na cozinha e permitindo e que eles explorem outros lugares sem ser o fogão. Achei esta cozinha genial.

Todos estes projetos são americanos, não encontrei nada aqui no Brasil.  Se você possui um projeto como este na sua casa divida conosco.

Melhorando o ambiente em que vivemos geramos mais qualidade de vida para nós e para os nossos companheiros.

Envie suas fotos para o Blog Sobre Cães e Gatos, vamos dividir para somar!

18

11 2011

Acredite se quiser…

Certas histórias na vida parecem mentira mas esta realmente não é…

Ao ler uma notícia na internet de uma coruja nos EUA que esta se alimentando de animais de estimação lembrei uma história contada por um amigo de Londrina no Paraná. Leia a matéria sobre a coruja americana Clique aqui

Ao chegar em casa um dia ele encontrou a sua pinscher escondida embaixo do sofá, achou o fato estranho porém não deu muita bola…

No dia seguinte a mesma coisa… E neste dia a pequeninha, ela é muito pequena mesmo, estava com um machucado na cabeça, parecendo um arranhão.

O estranho é que a cachorrinha mora sozinha e naquele dia ficou só o dia todo.

No terceiro dia a cachorrinha estava em pânico, chorando e pedindo colo o tempo todo, sem entender nada ele a colocou em um quarto em cima da cama, com cobertinhas e brinquedinhos.

Algum tempo se passou e ele retornou ao quarto para ver como ela estava e surpresa tinha um enorme urubu dentro do quarto com ela dentro de sua pata, ao ver o humano o pássaro se assustou e levantou voo.

Por sorte, muita sorte mesmo, a pequena bateu na janela e caiu para dentro do quarto.

Não lembro bem a altura do prédio,  mas o apartamento ficava nos últimos andares.

Segundo ele o Urubu que queria comer a pinscher rondou o apartamento por bastante tempo.

As janelas  passaram a  ficar fechadas e a pequeninha em um local seguro.

Não sei o que passou pela cabeça deste Urubu, mas caçar uma pinscher… Tadinha ela ficou traumatizada!

Não temos notícias do Urubu, a coruja dos EUA ainda esta sendo procurada.

Aqui no blog Sobre Cães e Gatos você encontra informação e diversão.

 

17

11 2011

A gravidez e os cuidados com a saúde dos animais de estimação

Estou grávida de cinco meses, e a fase de preparação dos meus pequenos já começou faz um tempo. Aqui em casa somos seis, eu, meu marido, o Yuri (poodle 13 anos), Pipoca ( maltês 3 anos), Padme (Chartreux 2 anos) e meu hóspede frequente Gato (persa 9 anos). É uma turma…

Minha preocupação com esta turminha sempre foi na melhor maneira de adapta-los a nova situação. E mantê-los bem saudáveis é fundamental para que eu possa cuidar tranquilamente da minha filha que esta para chegar.

Muitas coisas são ditas sobre os animais de estimação, no meu caso que sou veterinária mais ainda.

Tenho uma frase que sempre falo quando me questionam a respeito da minha profissão e do meu estado atual “Se ter animais e engravidar fosse algo muito perigoso os veterinários nunca teria filhos, seria um pré-requisito no vestibular para veterinária”

Piadinhas a parte o importante é cuidar da saúde. Já conversamos aqui no blog sobre a Toxoplasmose.

Vale a pena ler: Estou grávida e tenho Gatos.

E o que quero conversar neste post é como deixar em dia a saúde do seu cão ou gato, para que ele possa receber o novo membro da família saudável e feliz.

A palavra do dia é prevenção!

Institua a vermifugação mensal. Principalmente para a fase em que o bebe começar a interagir com os bichinhos da casa. Neste caso o vermífugo a ser escolhido deve ser orientado pelo médico veterinário, os produtos que podem ser utilizados mensalmente ajudam também a prevenir a Dirofilariose (o verme do coração).

Controle mensal de pulgas e carrapatos. Você agora deve estar falando, mas existem produtos que duram três meses? Sim existem os que duram até três meses e todos eles na bula especificam que para carrapatos eles protegem por 30 dias.

Deem uma lida no post sobre Carrapatos…

Qual a importância neste caso? Você imagina estar com barrigão, ou nenen pequeno e ter que sair de casa para dedetizar tudo… E ainda seu cachorro adquirir  alguma doença transmitida pelo carrapato. O melhor é prevenir.

Se o seu amigo cão ou gato possui alguma doença crônica faça uma consulta e um check-up nele antes do bebe nascer. Você ficará mais tranquila (o) sabendo que o seu amigo estará em pleno estado de saúde quando o novo membro da família chegar.

Verifique a carteirinha de vacinação da turma. Se coincidirem as datas de nascimento do bebe com a vacinação dos pets fatalmente a vacina pode atrasar, e neste caso existe um prazo para que ela não perca a sua validade e o seu amigo não fique desprotegido. O prazo estipulado pelos laboratórios em geral são de um ano e um mês. Passou desta data a recomendação é fazer um reforço.

Converse com o seu veterinário sobre as vacinas, em alguns casos é possível antecipar e evitar que seu cão ou gato fique desprotegido.

Os pelos… Bom o ideal se o seu bichinho solta muito pelo é deixa-lo tosadinho. Aqui em casa estão todos em look verão.

A escovação também ajuda a retirar os pelos mortos. Mas com bebe pequeno o tempo ás vezes é curto, então leve seu amigo a um pet shop de confiança e encontre a solução mais prática e confortável para o seu amigo e para você.

Desde o início da gestação mostre ao seu amigo que você continuará amando ele e que a pessoa que chegará também.

Vai ser tudo de bom… Confesso que estou ansiosa!

Aqui no blog Sobre Cães e Gatos você pode colocar as suas experiências, dúvidas e opniões. Escreva neste post.

 

16

11 2011

Obesidade no cão adulto| O que fazer?

Há alguns anos atrás no consultório após uma longa conversa com uma cliente sobre obesidade canina e programa de emagrecimento ao sair do consultório ela olhou para meu “pequenino” poodle e disse “Dra. se a senhora quiser posso indicar uma veterinária para o seu gordinho também…” Vou confessar meu poodle é gorduchinho! Bem gulosinho.

No meu caso o Yuri  ele ficou obeso após minha formatura e retorno para casa dos meus pais, minha avó dava de tudo para ele comer e ele passou a competir por alimento com o outro cão da casa. Resultado desenvolveu diabete e hoje é dependente de insulina para viver.

No post da semana passada conversamos sobre como evitar a obesidade desde filhote, porém com o excesso de peso já instalado o que podemos fazer? Veja o post Um cachorro fica obeso por quê?

O primeiro passo é reconhecer o excesso de peso. Podemos visualizar o cão através do escore corporal, já comentado aqui no blog também.

Em seguida vamos ficar atentos ao valor energético dos alimentos, já acompanhei diversos cães que retornaram ao peso normal apenas cortando os petiscos. Sempre falo no consultório “O que você prefere uma lasanha bem gostosa ou um prato com salada e peito de frango?” É claro que lasanha, no caso do cão não é diferente, os petiscos como os bifinhos e bolachinhas são calóricos e mais gostosos e devem ser administrados com moderação.

Misturar outros alimentos á ração também é um erro. As empresas de ração quando determinam a quantidade fazem isso baseado em estudos científicos rigorosos se acrescentamos algo na ração ocorre um desiquilíbrio energético. Converse com seu veterinário ele poderá orienta-lo a admisnistrar a ração respeitando a quantidade diária.

Realize exercícios físicos com seu cachorro, mas calma… Não coloque o gordinho para correr uma maratona no primeiro dia. Comece aos poucos com pequenas voltas, como nós eles necessitam de condicionamento físico com isso evitamos lesões nas articulações do joelho e dores musculares.

Toda a família deve estar comprometida com a saúde do nosso amigo.

No consultório sempre falo para os meus clientes para não se torturarem nesta fase de mudança. Muitos cães obesos são ansiosos, velhinhos e cheios de manias, ás vezes se agimos de maneira muito radical podemos causar uma ansiedade grande no cão e no proprietário. O que vai resultar em frustação e abandono do programa de emagrecimento.

Uma dica é acrescentar vegetais crus na alimentação, estes subistituem os petiscos calóricos e geram saciedade. Eu gosto de chuchu, couve-flor e brocólis, os vegetais mais docinhos como a cenoura e beterraba podem ser administrados com moderação.

Evitar o excesso de peso faz com que o cão viva melhor por mais tempo e  previni problemas de saúde como o Diabetes e articulares como a Luxação de patela.

Aqui no blog Sobre Cães e Gatos incentivamos o seu cão a perder peso. Caso você queira fazer um programa de emagrecimento coloque aqui as suas dúvidas. Nós vamos ajuda-lo!!

Hoje dia 14/11 é o Dia Mundial da Diabete em humanos, vamos também entrar na campanha e cuidar dos nossos companheiros os cães e gatos.

 

 

14

11 2011