Meu gato obeso? Não… Ele é fofinho!


Ela esta grávida? Pergunta a vizinha ao ver a Preta ( gatinha SRD do meu Pai). Respondo que não, apenas gordinha! Ela me responde com um sorriso… Doeu e vi que realmente ela estava obesa, como aconteceu?

O gato é um carnívoro estrito, ou seja, na vida selvagem a sua dieta é baseada em presas inteiras exclusivamente proteicas, por isso gatos não são adaptados a dietas ricas em amido, o amido é transformado em gordura e armazenado.

Os nossos amiguinhos engordam por que muitos passam o dia todo fechados em um apartamento sem ter o que fazer, literalmente olhando para as paredes e dormindo com comida a vontade e na maioria das vezes são castrados. Formando assim a tríade perfeita para ganhar peso  tédio+comida+metabolismo alterado= OBESIDADE

Esta condição pode levar o seu gato a diversas doenças, as mais graves são a diabete e a lipidose hepática, porém podemos ter artrite, infecções urinárias pois o gato fica preguiçoso e faz menos xixi, problemas de pele causados pela dificuldade em se limpar, doença cardíaca, respiratória e dificuldade para defecar.

A diabete tipo II afeta 80% a 90% dos gatos obesos é diretamente ligada ao acúmulo de gordura e alteração no metabolismo da insulisuna, a boa notícia é que a grande maioria dos gatos após perderem peso deixam de necessitar de insulina. No caso da lipidose hepática o risco de morte de um gato obeso é muito alta pois caso ele pare de comer ocorrerá uma queima de gordura em grande quantidade que resultará em insuficiência hepática.

Agora que você está preocupado vá pegar o seu gato e vamos identificar se ele está ou não obeso.

Uma boa maneira de começar é olhar algumas fotos antigas e comparar o antes e depois do seu fofucho, em seguida vamos ver o gostoso de perfil e observar a silhueta.

Agora vamos palpar o nosso amiguinho. Em um gatinho com peso ideal as costelas podem ser sentidas facilmente e a coluna vertebral e a região lombar é percebida sensívelmente, se você não consegue sentir…Acho que ele pode estar a cima do peso. Vamos pesar o bichano, se você tem balança em casa coloque ele no seu colo e em seguida tire a diferença com o seu peso.

Olhe o escore corporal e busque a orientação veterinária para que seu amiguinho passe por exames e veja como está a sua saúde.

Para evitar que a obesidade afete o seu amiguinho felino brinque com ele, verifique a quantidade diária que ele esta ingerindo de alimento e torne a sua casa divertida para o seu gato.

Vale a pena ler o post do Alexandre Rossi sobre enriquecimento ambiental para felinos, ele dá boas dicas para tornar a sua casa divertida para o seu gato.

Aqui no blog Sobre Cães e Gatos você encontra informação e diversão, divida conosco as suas histórias e tire as suas dúvidas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre o Autor

Vivian dos Santos Meyer

Outros posts de

Site do Autorhttp://www.sobrecaesegatos.com.br

12

09 2011
2011

Seu Comentário