Archive for setembro, 2011

Casas para cães ecológicas

Vem chegando o verão…” e com ele praia, piscina e calor, muito calor.

Para os nossos amigos, especialmente os que vivem na área externa da casa, muitas vezes a única sombra é a de sua casinha, por que não torna-la linda, sustentável, ecológica e fresquinha.

A arquiteta americana Stephanie Rubin criou a Sustainable Pet Design, uma empresa fundada com a missão de criar casas confortáveis e ecologicamente corretas.

As casinhas criadas por Stephanie possuem no telhado um jardim verde, o que diminui a temperatura interna, ideal para o nosso clima tropical e capta a água da chuva, que pode ser utilizada para o seu cão beber  ou molhar as plantas do jardim.

Aqui você vê um desenho do projeto. Vale a ideia, e você pode ter certeza que o bem estar gerado para o seu cão será enorme!

Gostou mas o seu cão mora em apartamento! Não tem problema a empresa francesa Jardin Chic criou uma casa confortável  que pode ser utilizada como um vaso. Fica lindo e funcional.

No caso dos gatos esta casa vai fazer sucesso, eles adoram uma toquinha e se plantar Catnip então vai ser uma festa!

Aqui no blog Sobre Cães e Gatos você encontra muita informação e diversão. Escreva seu comentário neste post e coloque as suas dúvidas.

30

09 2011

Como é o comportamento sexual dos felinos

Quem tem uma fêmea felina não castrada conhece bem os sintomas, elas ficam manhosas, miam por nada e gritam desesperadamente por um macho e os machinhos não castrados marcam território com xixi e tornan-se agitados, o que isso significa? Tem fêmea no cio!

Os gatinhos machos com 3 meses já tem testosterona (hormônio masculino) para induzir a descida dos testículos e o aparecimento dos espículos penianos, aos 5  meses o gatinho já produz  espermatozóides que estarão totalmente maduros entre o 6 e o 7 mês. Super precoces!

Já as fêmeas manifestam os primeiros sinais de cio entre os 5 e os 9 meses, com exceção das fêmeas persas que podem atingir a puberdade até aos 15 meses de idade, quantidades de luz crescente e presença de macho próximo estimulam o cio.

A fêmea felina entra no cio durante todo o ano, encontrando um macho apto teremos mais gatinhos.

Para os machos o território é importante no comportamento sexual do macho, quando o macho chega a área de acasalamento ele investiga todo o território , podendo levar até um mês para se familiarizar com a nova casa, este macho pode acasalar com até 20 fêmeas.

O cio da fêmea felina inicia-se com um discreto aumento na atividade, aumenta a esfregação da cabeça e pescoço nos objetos e nas pessoas, o que leva a pensar que a gatinha esta mais manhosa, este período dura aproximadamente 3 dias, em seguida começa o cio propriamente dito, aonde a gata exibe uma lordose e rastejamento, percebe-se que esta posição pode ser estimulada por um simples carinho, a cauda desloca lateralmente e pode ter uma pequena quantidade de secreção com sangue.

Neste período de cio ocorrem muitos gritos a fêmea faz uma vocalização alta e áspera, avisando a disponibilidade, e gato também vocaliza para avisar que tem macho no pedaço. Quando a mocinha esta pronta ela dá um miado mais suave conhecido como “grito do cio”. É uma barulheira!

Como o macho que pode fecundar diversas fêmeas, estas aceitam vários machos, podendo ter na ninhada gatinhos bem diferentes. E a maior curiosidade do comportamento sexual dos felinos esta relacionada à ovulação que ocorre após o estimulo do coito, este período é de 24 horas, mesmo tempo necessário para a maturação dos espermatozoides, o resultado se tudo isso são os Gatinhos!

O cio da fêmea felina varia de 2 a 19 dias o período que ela esta mais receptiva é no terceiro e no quarto dia do cio.

Caso ocorra a fecundação ela volta a entrar no cio normalmente quando os filhotes estão com dois meses, e começa tudo de novo.

Um gato macho inteiro junto com uma fêmea podem deixar muitos descendentes, o que resulta em gatinhos que podem cruzar e dar origem a mais gatinhos, esta situação não tem fim. Portanto castre o seu gato (a), contribua para a diminuição dos animais nas ruas.

Aqui no blog Sobre Cães e Gatos você encontra muita informação e diversão. Escreva aqui neste post as suas dúvidas e suas opiniões.

 

 

 

 

29

09 2011

Disfunção Cognitiva Canina o Alzheimer dos cães

Os nossos companheiros caninos estão vivendo cada vez mais, ainda bem… Eu tenho um vovô em casa com 13 anos e cheio de alegria e para nós médicos veterinários e para os proprietários  de cães idosos é importante reconhecer o que é um envelhecimento natural de um anormal.

Envelhecer nada mais é do que um processo biológico natural em que as nossas células perdem a capacidade de adaptação a mudanças. Com o envelhecimento ocorre naturalmente uma redução de atividade, de metabolismo, diminui também a secreção de hormônios e o corpo fica mais frágil, pois a imunidade diminui , ocorre uma redução de aprendizado e memória. Nossa! Tudo isso é natural!

O que temos que saber é quando TUDO isso pode se tornar uma doença!

disfunção cognitiva canina, conhecida  como Alzheimer dos cães, é uma alteração comportamental patológica dos cães, é chamada assim devido a similaridade com a doença em humanos.

Para entender melhor é importante saber o que significa cognição, este termo refere-se a processos mentais como memória, aprendizado, consciência, tomada de decisão e percepção e permite ao animal interagir, processar, reter e decidir com o meio em que vive, respondendo a ações em que é estimulado, o cão responde ao estímulo baseando-se em respostas anteriores ou reconhecendo novas experiências.

O comportamento de memória, orientação, busca de alimento, reação ao proprietário esta diretamente ligada à cognição, ou seja, na disfunção cognitiva canina estes são os principais comportamentos alterados.

O que nota-se no amiguinho velhinho é que ele não interage mais da mesma maneira com a família, muitas vezes desaprende a fazer as necessidades , troca o dia pela noite, podendo até mesmo uivar e chorar na madrugada enquanto dorme como um anjo durante o dia.

Pode ocorrer uma forte desorientação, neste caso o cão pode andar sem parar, andar em círculos e com frequência entrar em locais apertados e de difícil acesso  e não conseguir sair depois.

Todas estas alterações são resumidas em uma sigla a DISTADesorientação, mudanças na Interação com o proprietário ou outros animais, alterações no ciclo de Sono-vigília, perda de Treinamento higiênico, alterações no nível de Atividade.

A idade que normalmente aparecem os sintomas pode variar de 7 a 19 anos. Nos cães pela diferença de porte temos diferentes idades para cães idosos, no pequeno porte  7 anos e o grande porte como o Dogue Alemão 5 anos.

O diagnóstico é difícil e como nos humanos é realizado por exclusão de outras doenças como os tumores cerebrais, os problemas endócrinos, entre outros e principalmente na observação das alterações comportamentais.

A boa notícia é que esta condição tem tratamento e o cão normalmente responde muito bem melhorando muito a qualidade de vida do nosso amiguinho.

O alerta para quem tem um vovô em casa é estar atento as mudanças de comportamento e não encarar mudanças de comportamento como simples problemas relacionados a velhice.

Converse com o seu veterinário sobre as mudanças no seu velhinho e sempre respeite os pelinhos brancos do seu pequeno com muito amor e carinho.

Aqui no Blog Sobre Cães e Gatos você encontra muita informação, escreva neste post coloque aqui as suas dúvidas e sugestões.

28

09 2011

O Bebe e o Labrador

Como em toda sexta-feira um vídeo divertido que mostra o relacionamento lindo de um bebe com seu labrador.

Não é um dos post da série sobre gravidez, mas poderia ser por que mostra que a relação amorosa e de confiança entre um bebe e seu cachorro.

Aqui no blog Sobre Cães e Gatos você encontra muita informação e diversão.

Escreva neste post e coloque aqui as suas experiências e suas dúvidas.

23

09 2011

Os gatos com mania de limpeza – Série Felinos e suas Manias 5o post

Os gatos são famosos por suas manias de limpeza, se lambem o tempo todo, e isto os torna muito limpinhos e sempre cheirosos  (os meus são!).

O gatos ocupam cerca de 50%  do seu tempo acordados com a sua higiene, esta mania de estar sempre limpinhos se inicia na segunda semana de vida dos gatinhos nesta fase eles começam a lamber as patinhas da frente.

A higiene do gato esta mais dirigida ao seu corpo e ele utiliza a sua língua para se limpar, esta possui papilas orientadas para trás bem desenvolvidas e adaptadas para este comportamento, muitos pelos podem grudar nestas papilas e serem ingeridos pelo nosso gatinho, formando as famosas bolas de pelo.

A higiene oral ocorre com maior intensidade após períodos de descanso, sono e alimentação.

Regiões como cabeça e pescoço são cuidadas utilizando as patinhas da frente, normalmente o gatinho lambe bem as patinhas e passa na cabeça… Coisinha mais fofa!

A  arranhadura também é uma forma de limpar as unhas que normalmente fica suja com o granulado do seu banheirinho, arranhando ele remove a sujeira e em seguida com os dentes finaliza retirando sujeirinhas que ficaram grudadas.

Se você tem dois gatos é comum ver eles se lambendo, um pode sim dar banho no outro e normalmente a região escolhida é o pescoço e a cabeça.

Os gatos normalmente possuem picos de limpeza que oscilam de 3 a 4 meses, mais em outubro, novembro e junho e menos  em fevereiro, maio e agosto. Estes picos estão relacionados ao ritmo circadiano e temperatura do corpo.

A higienização é fundamental para manutenção da pelagem, e normalmente os pelos caem o ano todo, mais intensamente na primavera, que aliás começa manhã, ou seja, prepare o aspirador de pó!

Para minimizar as quedas nesta época do ano que se inicia e diminuir a quantidade de pelo ingerido pelo seu bichano você pode escova-lo diariamente, para os que têm pelos curtos pode-se utilizar luvas especiais e esponjas macias, eu gosto de uma chamada Pet Rubber, e para os de pelo longo a escova de pinus , que retira o excesso de pelo sem quebra-lo.

Um alerta para os felinos mais velhinhos. Com a idade a produção de saliva diminui e a língua fica menos eficiente. Por isso é fundamental escovar com mais frequência o vovô.

Felinos… Sempre as com as suas manias!

Você irá gostar dos outros posts da Série Felinos e suas Manias 4o post. 3o post, 2o post, 1o post.

Escreva neste post e divida conosco do Blog Sobre Cães e Gatos as suas dúvidas e experiências.

 

22

09 2011

Quais são as diferenças na alimentação do Homem x Cão x Gato

Um cão não é o homem e um gato não é um cão pequeno. Somos diferentes e semelhantes o que nos aproxima na convivência.

As necessidades fisiológicas são diferentes e este fato faz com que cada espécie tenha seu sistema digestório adaptado (antigamente sistema digestivo)  para o tipo de alimento que será consumido.

Os cães e gatos são carnívoros, ou seja, comedores de carne, seus dentes 42 no cão e 30 no gato, permitem com que o alimento seja rasgado principalmente para o cão que não mastiga e ingere a comida sem saborear.

Diferente de nós humanos os cães e gatos não possuem enzimas digestivas na saliva, chamada de pré-digestão, e as papilas gustativas no homem que chegam  a 9000, no cão não passam de  1700 e no gato 500, resumindo cães e gatos sentem pouco o sabor dos alimentos, o gato não sente o doce. Devido a estes fatos a mastigação não é um processo  importante para eles como é para nós.

O que atrai mesmo um cão e um gato para um alimento é o cheirinho, se para nós aquele cheirinho de bife abre o apetite para um cão é inebriante, ele possui até 200 x mais papilas olfatórias que o homem, e neste fato os gatos são parecidos conosco, possuem poucas  papilas olfativas, apenas duas vezes a mais que o homem. Quer atrair um cachorro, chame-o pelo nariz!

O Ph estomacal dos cães e gatos é mais ácido que o do homem, o ácido clorídrico tem a função de digerir ossos e bactérias patogênicas ingeridas, nos gatos a acidez chega a ser seis vezes maior que a do homem.

O tempo de trânsito intestinal também é muito diferente, no homem chega a ser de 3 dias, no cão cerca de 48 h e no gato 36h.

Como nós os gatos dividem  a ingestão de  alimento em diversas refeições, já o cão… Sabemos que se pudessem comeriam tudo de uma vez só, e estes podem ficar tranquilamente um dia sem comer, fato comum em cachorros selvagens que se alimentam da própria caça.

Conhecer as diferenças sobre cães e gatos é fundamental para que possamos respeitar as suas necessidades fisiológicas.

O homem um onívoro, o cão um semi-carnívoro e o gato um carnívoro.

Para agradar as três espécies pode-se fazer um belo churrasquinho!! Que delícia!

 

20

09 2011

Camas para gatos com muito estilo!

Para agradar um gato muitas vezes é necessário apenas uma caixa, nos EUA uma empresa inovou com uma linda caixa confortável para o bichano.

O SnoozePal Cat Hammock da Cat Above e confeccionado com papelão resistente, pois o material resiste as possíveis arranhaduras do nosso amiguinho, além de ser ecologicamente correta podendo ser reciclada.

A caixa resiste á 9 Kg, um bichano bem grandinho!

A parte interna da SnoozePal Cat Hammock é composta por uma rede charmosa, confortável, e lavável.

A parte interna pode ser encontrada em diversas cores combinando coma a sua decoração ou com a personalidade do seu gato.

No site da Cat Above o preço do produto é de $ 14,95 apenas a caixa e $22,oo o kit completo fica por aproximadamente $37,00.

E com certeza vai deixar seu gato muito feliz por que uma cama fofinha em forma de rede dentro de uma caixa, é tudo de bom.

Aqui no Blog Sobre Cães e Gatos você encontra informação e diversão, escreva neste post coloque suas dúvidas e opniões.

 

19

09 2011

Lindos! Veja os cães que pulam corda

Adorei quando vi esses cães puladores de corda!!

Eles são super treinados e parecem muito contentes brincando com a corda!

Aproveitem o vídeo aqui no Blog Sobre Cães e Gatos e bom fim de semana!

16

09 2011

Meu bebê e meus cães

A cada dia que passa a minha barriga esta cada vez maior, meu bebê ainda é pequeno ( não sei nem o sexo ainda) e as coisas aqui em casa estão ficando diferentes.

A adaptação para a chegada do bebê deve ser feita com muito amor para que o nosso amiguinho se acostume de maneira natural sem ansiedade.

A dica de hoje veio da educadora canina Emmanuelle Moraes, ela escreveu um post esta semana muito legal sobre bebês.

Ela indica que a  apresentação do cão com a criança deve  envolver os sentidos do cão, a audição e o olfato.

Acostume o seu cachorro com barulhos de um bebê, como o choro. E com os cheiros, para isto você pode lavar as roupas, paninhos e caminha do seu cão com o amaciante e o sabão em pó utilizado para lavar a roupa do bebê.

Acostumar o cão com os toques de uma criança é fundamental, as  crianças fazem carinho diferente  e muitas vezes são mais afoitas podendo puxar um pelinho por acidente e gerar certa dor ao cão, este pode reagir de forma inesperada com um rosnadinho ou até mesmo uma mordida. Ela ressalta que esta adaptacão deve ser bilateral a criança também tem que entender os limites do cão.

Meu conselho sincero é iniciar as mudanças no inicio da gestação para que a sua família possa viver este momento maravilhoso em harmonia.

Clique aqui e leia o post completo da Educadora Canina-Emmanuelle Moraes “Bebês e Cachorros, esta combinação pode dar certo!

Você irá gostar também deste post Gravidez e cachorros, o que fazer?

 Divida as suas opniões e tire as suas dúvidas aqui no blog Sobre Cães e Gatos.

15

09 2011

Problemas no joelho… parece o Ronaldinho!

Para que tem cachorrinhos de pequeno porte como poodle, maltês, yorkshire, shitzu, lhasa apso, pinsher e os mestiços destas raças, os probleminhas no joelho são comuns.

Muitas vezes você como proprietário não percebe que o seu cão manca levemente e infelizmente só descobre o problema quando acontece alguma lesão e o seu amigo sente dor. Comumente nos consultórios veterinários atende-se pacientes de meia idade ( 3-4 anos) que ao pularem de uma cama mais alta, ou após a tosa manifestam sintomas de dor.

Quais são os problemas mais comuns?

Em primeiro lugar a luxação de patela (antigamente chamada de rótula), as rupturas dos ligamento cruzado e o lateral  e é claro as fraturas.

A luxação patelar é a mais encontrada em raças de pequeno porte, mais também pode ocorrer nos grandalhões e é de origem genética, ou seja, uma herança passada dos pais para os filhotes.

Normalmente nos pequenos a patela é desviada para dentro da coxa, e esta característica chamados de luxação de patela medial, nos cachorros grandes a patela fica para fora da coxa e é chamada de luxação de patela lateral. As luxações são classificadas por grau, determinando assim a gravidade da lesão, estes graus vão do I ao IV, no Grau I mais leve o cão pode conviver a vida toda com o problema e o IV mais grave muitas vezes a lesão é  irreversível e com muita dor para o nosso amiguinho. O diagnóstico é importante pois a doença progride.

1-Patela; 2-Fêmur; 3-Ligamento Patelar; 4-Tuberodidade tibial; 5-Luxaçao medial da patela; 6-Luxaçao lateral da patela.

Para avaliar se o seu pequeno possui luxação de patela, verifique se ele manca de alguma patinha traseira, é comum eles darem uns pulinhos quando andam na maioria dos casos eles não mancam sempre e os sintomas podem ser percebidos em dias mais frios, poupar o membro que dói na hora de fazer xixi ou coco também é comum.

Alguns cães podem mancar após a tosa, isto acontece pois o profissional precisa que ele fique em pé para fazer um bom trabalho, e acaba forçando a articulação, neste caso identificado o problema a tosa é feita de maneira diferenciada sem forçar o joelhinho do nosso amigo.

Verifique também a musculatura da coxa, geralmente os cães com luxação de patela possuem uma coxa menor que a outra.

Já as rupturas de ligamento cruzado e lateral já ocorrem de maneira brusca, o cão estava bem e do “nada” começa a mancar. Geralmente estão ligadas a uma queda, um salto mais ousado ou alguma peripécia desastrosa do pequeno.

Nos dois casos o tratamento é apenas cirúrgico e apenas o médico veterinário poderá diferenciar os dois casos.

Calma não se apavore!!!!

O que é importante é identificar o problema, perceba o andar do seu cão e consulte um médico veterinário caso você desconfie que o seu cachorrinho possa ter algum problema no joelho. O veterinário irá identificar o grau da lesão e as medidas de prevenção a serem tomadas.

Identificado o problema não cruze o seu cãozinho, ele passará esta herança para os seus filhos.

E pode ter certeza que  ele viverá bem, muitos anos e podendo jogar muita bolinha. Diferente do craque Ronaldinho! rss

Tire suas dúvidas e comente este post, nós do blog Sobre Cães e Gatos agradecemos a sua participação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

14

09 2011