Cachorro não é brinquedo


Certo dia em um Pet shop que trabalhei entrou uma senhora , olhou para a vitrine  aonde estava exposto um lindo Lhasa-apso para a venda. Virou-se para a atendente a falou” Vou levar, o que preciso para isso?”

A atendente surpresa falou que ela teria que antes conversar com a veterinária, eu neste caso, e que ele precisava de comida, potes para água e ração, uma caminha, brinquedos…

A cliente estava com uma certa presa, separou tudo e veio ao meu consultório.

Comecei a explicar a respeito das vacinas, alimentação do filhote, e como seria esta fase de adaptação em sua nova casa.

A cliente sorriu e disse “Dra retornarei amanhã com meu filho de 4 anos, preciso levar o filhote para casa pois ele acredita que levei este ao veterinário”

Para a minha surpresa ela estava com um cachorro de brinquedo daqueles que parecem estar respirando dentro da bolsa.

Me surpreendi e ela continuou…”Meu filho está chorando desde ontem pois este cachorrinho não acorda e ele hoje me pediu para leva-lo ao veterinário, ele tem certeza que este cachorro de brinquedo esta doente , já que dorme há 4 dias, e ele tentou de todas as maneiras acorda-lo”.

Perguntei se ela tentou mostrar a pilha, ela disse que sim, mais ele gritava, virava o rosto e dizia que ali era o “dodói do au-au”.

A solução foi realmente” acordar” o cachorro de brinquedo e como em um passe de mágica transformar ele em um lindo cachorrinho de verdade.

No outro dia os dois novos amiguinhos estavam no consultório, e o fofinho foi me agradecer por ter acordado o amiguinho dele, e ele disse “eu estava muito preocupado, mas agora ele está bem”

Tão fofinho e depois fiquei pensando talvez muito espertinho, pois ele conseguiu o seu amiguinho tão desejado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sobre o Autor

Vivian dos Santos Meyer

Outros posts de

Site do Autorhttp://www.sobrecaesegatos.com.br

19

08 2011
2011

Seu Comentário