Archive for agosto, 2011

Gravidez e cachorros, o que fazer?

Está tudo mudando… estamos de reforma? Por que estes móveis são diferentes? Posso entrar e cheirar? Tudo isto deve estar passando na cabeça dos meus dois cachorros, o Yuri e a Pipoca.

Muitas mudanças acontecem na casa com a chegada de um bebê, e nós devemos preparar os nossos companheiros para que eles não fiquem deprimidos neste momento especial de nossas vidas. Muitos problemas comportamentais podem começar nesta fase da vida do seu amiguinho e com amor e paciência podemos evitar.

Nos primeiros meses após o nascimento, é o momento em que precisamos nos dedicar mais ao nosso filho e é nesta hora que seu cão poderá sentir que o seu território mudou.

Para começar temos que definir se você permitirá o livre acesso a todos os cômodos da casa, caso o seu cão não possa entrar no quarto do bebê acostume-o desde o início da gestação, brigar com ele depois que a criança estiver em casa só vai frustar o cão.

Quando estiver em casa, fique com uma boneca no colo alguns períodos, o seu cão irá se acostumar em ver você dando atenção a outro ser que não é ele, e também o seu amiguinho irá se costumar com a imagem de você com “algo” no colo.

Dolorido mas necessário…. diminuir um poucos os mimos, confesso esta está sendo a parte mais difícil, mas temos que ser menos egoístas e pensar em nossos companheiros, que com a atenção total de agora irão sofrer com a falta dela quando o bebê chegar.

Converse com seu marido e inverta alguns papeis, peça para ele assumir passeios, dar comida, brincar mais com o seu cão.

Mude os seus hábitos com o seu cão de maneira gradativa e não recue nas suas ações.

Conselho de futura mamãe que tem companheiros caninos deixe a vida seguir seu curso natural, e pensar que logo estarei com meu bebê em casa puxando o rabo da Pipoca, sentando no Yuri… que festa!

Toda semana colocarei no blog as minhas experiências com meus cães e gatos e minha gravidez.

Você poderá gostar também:

Eu tenho gatos e estou grávida!

Comente aqui este post e divida conosco as suas experiências!!

31

08 2011

Estante para divertir seu gato

Os gatos adoram subir nos móveis, escalar as cortinas e fazer aquela festa. Que tal ter em casa uma estante prática, linda e que permite diversão para o seu gato.

No blog da Portobello encontrei várias idéias para quem gosta de cães e gatos, é a sessão Meu Bicho minha casa,

Adorei a idéia da estante, ela chama-se Cat Library e foi projetatada pelo designer Corentin Dombrecht,

Ela é feita em módulos e premite que o bichano escale, brinque e ainda utilize como caminha. O seu gato irá adorar!

Eu gostei tanto da idéia que encomendei uma para a minha casa, quando estiver pronta mostro para vocês aqui no blog.

No vídeo você consegue ver como o seu gato irá se divertir e sua casa irá ficar moderna e linda.

30

08 2011

Como escolher uma boa ração para o seu cão

Entrar em um pet shop e escolher uma ração não é tarefa fácil hoje em dia.

São muitas opções… temos produtos para a maioria das raças de cães, para aminais de pêlo longo,  com pêlo comprido, para animais com paladar exigente… ufa!

Mas como escolher?

Vamos entender as categorias que você encontrará no pet shop. Vamos ter resumindamente as rações Super Premium, Premium e  Comercial, a diferença entre elas está na absorção e digestibilidade dos nutrientes presentes no produto, melhor na super premium, em segundo lugar a premium e por último a comercial.

Entender aonde este animal vive e as suas necessidades de energia é muito importante, por exemplo um cachorrinho de apartamento de pequeno porte necessita de menos energia que um cão de grande porte que mora em um quintal. Por este fato escolha sempre produtos para cada categoria de tamanho.

Você encontrará descrito para os cães como pequeno porte de 1-10kg (Poodle, Maltês, Yorkshire, Shitzu…), médio porte até 25 kg(Cocker, Beagle) eGiant para cães acima de 45 kg ( Dogue alemão). Esta avaliação é sempre para o peso do animal adulto.

Para os cães de pequeno porte você encontrá produtos para ambientes internos, o foco  é para aqueles que moram em apartamento, a vantagem esta em fezes reduzidas e praticamente sem cheiro.

Respeite sempre a idade do animal, para os cachorros de pequeno porte o ideal é comer ração de filhote até o primeiro ano de vida e para os de grande porte devemos respeitar o desenvolvimento de cada raça, na maioria dos casos eles devem comer ração de filhte até um ano e meio de vida. Para as raças de grande porte busque sempre orientação do veterinário, administrar corretamente a racão evita problemas articulares e ósseos comuns nestes grandalhões.

A qualidade do alimento que você esta administrando irá refletir no seu cão e e é uma boa forma de avaliar se você esta administrando um bom produto.

Veja a curto prazo se o seu cão gostou do produto, ou seja, uma boa palatabilidade, e se as fezes estão normais. Para avaliar á médio prazo verifique se o seu cão perdeu ou ganhou peso, e como está a pelagem,ela deve estar brilhante e sem falhas e a longo prazo verificque o desempenho reprodutivo, especialmente nas cadelas desnutridas o cio atrasa e nos machos pode ocorrer infertilidade.

Converse com o veterinário de sua confiança, e busque sempre o melhor custo benefício, pois o que esta muito barato agora pode custar caro no futuro.

Você poderá gostar também de :

Meu cachorro come pouco o que fazer?

-Comer devagar, para alguns um desafio!

Comente aqui este post e escreva as suas dúvidas!

29

08 2011

Gatos que comem comprimidos?

Preta

Tudo começa com a procura do gato, depois de achar pega o gato, abre a boca… ele te arranha você joga o comprimido, ele cospe…. estraga o comprimido. Meu Deus que situação!!

Porém existem gatos que são muito bonzinhos e comem até mesmo sozinhos o medicamento a ser administrado.

Você não acredita?

Veja você mesmo, esta é a Preta, uma das minhas gatas, este vídeo foi gravado faz dois anos, ela estava com uma infecção respiratória e precisava de um antibiótico, optei pelo Synulox da Pfizer, pois ele é palatável e ela é dificil, para minha surpresa ela adorou e ficou boa rapidinho!

26

08 2011

Eu tenho gatos e estou grávida!

Na minha primeira consulta com a obstetra ela descobriu que eu sou veterinária e rapidamente perguntou “Você tem gatos?” Eu respondi “Sim, a senhora está preocupada com a Toxosplasmose?” Ela respondeu que sim  e confesso que não deixei  ela concluir.

O gato é conhecido como o vilão desta doença, porém existem outras formas de contrair a Toxoplasmose.

A toxoplasmose é causada pelo protozoário Toxoplasma gondii, ele pode acometer todos os mamíferos e também as aves. os felinos são os hospedeiros definitivos, ou seja, fazem o ciclo completo da doença, são eles que eliminam a forma contaminante da toxoplasmose, os oocistos.

Os gatos são contaminados ingerindo carne crua contaminada, que pode ser oferecida por nós humanos mas principalmente por aqueles gatinhos de vida livre que sobrevivem de caça e aqueles de fazenda que vivem apenas de comer os ratos.

Opa, tenho que dar meu gato!!

NÃO!!! O contato com o gato não resulta em perigo, pois a forma contaminante, os oocistos não ficam aderidos ao pêlo, e estas formas demoram dois dias para se desenvolver, estes oocistos desenvolvem-se apenas nas fezes.*

Resumindo, você que esta grávida não pegará toxosplasmose fazendo carinho, pegando ele no colo, ou convivendo com o seu gato.

Caso o seu gato vá ao banheiro e logo em seguida você pegue ele no colo, não tem perigo de pegar nada,  vale ressaltar que os oocistos apenas desenvolve-se nas fezes  após 48 horas em temperatura ambiente.  O importante é sempre lavarnas mãos após limpar a caixa de areia, ou peça para o maridão limpar.

O perigo para nós humanos está em comer carnes mal passadas e cruas, verduras cruas não lavadas e água contaminada.

A caixa de areia do seu gatinho deve ser limpa diariamente para evitar o desenvolvimento da forma infectante.

Administrar apenas ração para o seu gato é uma forma de prevenir a contaminação pelo toxoplasma.

Coma apenas carnes bem cozidas, verduras de procedência conhecida e água sempre mineral, filtrada ou fervida.

Eu hoje estou grávida de 10 semanas e convivo normalmente com meus 3 gatos. Converse com o veterinário do seu gato, ele irá examinar o seu bichano e te deixar ainda mais tranquila, curta junto com o seu bichano este momento lindo de nossa vida. Uma das minhas gatas deita diariamente ronronando na minha barriga, falo que ela esta ninando meu bebe! Coisa mais fofa!

Para saber mais sobre a Toxosplasmose vale a pena ler este material produzido pelo CRMV-SC . Clique aqui.

Semanalmente colocarei no blog dicas para as futuras mamães e seus companheiros cães e gatos.

Você irá gostar também:

Gravidez e cachorros o que fazer?

*Dubey J.P.2000. Sources of Toxoplasma gondii infection in pregnancy.British Medical Journal, 32:127-128

25

08 2011

Isso é o que podemos chamar de Amigo

Muitos de nossos amiguinhos  utilizam de cadeiras de rodas para se locomover, esta cadeira desenvolvida pelo designer israelita Nir Salon e apresentada em um exposição em Milão agora em 2011 é genial.

Confeccionada com aluminío, ela é articulada, ergonômica e  leve. Permitindo que o cachorro estique as patinhas que estão paralisadas, corra, brinque, e não necessite de ajuda para nada!!

Como ela é articulada ela também auxilia a fortalecer musculatura dos membros posteriores.

Comparando com uma cadeira de rodas convencional podemos ver a importância da movimentação para os membros posteriores, pois com a cadeira normal o cachorrinho passa o tempo todo em pé, o que cança o nosso amiguinho.

  

Liberdade e conforto, é tudo que os cães necessitam e o que nos proprietários e veterinários desejamos.

E vale ressaltar que todos merecem uma chance e as cadeiras de rodas oferecem uma oportunidade para os nossos AUmigos.

O vídeo mostra a liberdade que o cão tem com o Amigo. O  nome é perfeito para esta cadeira.

24

08 2011

Ronronar de gato

Mhrn…. Ronronron… brrp. É o que o seu gato “fala” quando está no seu colo ou quando você chega em casa!

O que significa todos esses sons e por que eles ronronam?

O ronronar inicia-se já com dois dias de idade, a mamãe gata emite um ronronado quando se aproxima dos filhotes é a principal forma de comunicação e de reconhecimento entre a mamãe e seus filhotes.

O ronronado é comparável ao sorriso humano, e o gato pode ronronar em diferentes situações, quando estão felizes, com medo, e quando desejam alguma coisa.

Uma das explicações para este fato é a liberação de endorfinas ocasionado pelo estado de euforia que o ronronar proporciona ao nosso gatinho.

O ronronar ocorre através do estímulo dos músculos da laringe, resultando em um fechamento parcial da glote, o diafragma é estimulado a produzir ruídos, a intensidade e o intervalo depende de cada gato.

Na minha opinião o ronronado é o melhor ruído do mundo!

 *fonte de pesquisa Comportamento Felino, Bonnie V. Beaver, 2o edição.

23

08 2011

Meu cachorro come pouco o que fazer?

Cheiro…não quero, pego uma bolinha de ração, como e é só…não quero mais! Esta era a rotina alimentar da minha pequena maltês.

Se você como eu tem um cachorro “enjoado” para comer em casa, seguem algumas dicas para melhorar o apetite do nosso amiguinho.

Escolha  uma boa ração, e não compre ração vendida aberta, em contato com o ar a ração perde sabor e muitas vitaminas, em casa mantenha o pacote fechado, ou coloque em um pote que tenha tampa.

No desespero a nossa tentência é testar várias marcas de  rações, porém mudar muitas vezes de marca  pode ser prejudicial para o intestino do nosso amiguinho, pois a flora intestinal se adapta para a ração que o seu cachorro come, mudanças bruscas podem dar diarréia. Mude sempre misturando a ração nova com a ração anterior.

Faça exercíos físicos com o seu cachorrinho, caminhe pelo menos 40 minutos por dia e ofereça a ração depois que ele estiver descançado do passeio.

Não implore para o seu cão comer, ofereça a ração, deixe uns minutos, não comeu retire. Pode ficar tranquilo que rapidamente ele irá perceber que se ele não comer naquele momento ele não terá a racão.

Não se desespere se ele ficar um dia sem comer, o cão pode ficar sim sem comer um dia, os seus antepassados  lobos como viviam da caça ficavam alguns dias sem conseguir comida e comiam o que podiam quando conseguiam, este “jejum” é normal na espécie canina.

E o mais importante é não cair na aramadilha daquela carinha de pedinte e cair na tentação misturando aquele franguinho na ração.

Pode acreditar com estas ações o seu pequeno amiguinho passará a comer melhor.

22

08 2011

Cachorro não é brinquedo

Certo dia em um Pet shop que trabalhei entrou uma senhora , olhou para a vitrine  aonde estava exposto um lindo Lhasa-apso para a venda. Virou-se para a atendente a falou” Vou levar, o que preciso para isso?”

A atendente surpresa falou que ela teria que antes conversar com a veterinária, eu neste caso, e que ele precisava de comida, potes para água e ração, uma caminha, brinquedos…

A cliente estava com uma certa presa, separou tudo e veio ao meu consultório.

Comecei a explicar a respeito das vacinas, alimentação do filhote, e como seria esta fase de adaptação em sua nova casa.

A cliente sorriu e disse “Dra retornarei amanhã com meu filho de 4 anos, preciso levar o filhote para casa pois ele acredita que levei este ao veterinário”

Para a minha surpresa ela estava com um cachorro de brinquedo daqueles que parecem estar respirando dentro da bolsa.

Me surpreendi e ela continuou…”Meu filho está chorando desde ontem pois este cachorrinho não acorda e ele hoje me pediu para leva-lo ao veterinário, ele tem certeza que este cachorro de brinquedo esta doente , já que dorme há 4 dias, e ele tentou de todas as maneiras acorda-lo”.

Perguntei se ela tentou mostrar a pilha, ela disse que sim, mais ele gritava, virava o rosto e dizia que ali era o “dodói do au-au”.

A solução foi realmente” acordar” o cachorro de brinquedo e como em um passe de mágica transformar ele em um lindo cachorrinho de verdade.

No outro dia os dois novos amiguinhos estavam no consultório, e o fofinho foi me agradecer por ter acordado o amiguinho dele, e ele disse “eu estava muito preocupado, mas agora ele está bem”

Tão fofinho e depois fiquei pensando talvez muito espertinho, pois ele conseguiu o seu amiguinho tão desejado.

19

08 2011

O tempo seco também afeta os cães e gatos

 

Refrescante!

Boca seca, sede… cansaço. Que calor! Adoraria uma piscina agora! Acho que pensou minha maltês, bom … eu pensaria rss 

Se você sente esta “secura” toda imagine o seu cãozinho e o seu gatinho. Como nós eles sentem também todos as sensações decorrentes deste clima desértico enfrentado por muitas regiões do pais.

Para amenizar o desconforto dos nossos amiguinhos podemos seguir algumas recomendações.

Em primeiro lugar evite os horários mais quentes para passear com o seu cão, dê preferência para o inicio da manhã e o final da tarde, segundo os meteorologistas as 15h é registrada a menor umidade do ar do dia, por isso evite estes horários.

Fique atento ao consumo de água do seu amiguinho e troque a água várias vezes no dia para que ela esteja sempre fresca.

O consumo de água para um cão de 10 kg é de aproximadamente 400 a 600 ml/dia de água, e um para um gato de  4 kg varia de 160 a 240 ml/dia. Esta quantidade é a quantidade mínima de água para sobrevivência. Espalhar vários bebedouros pela casa facilita o acesso a água, especialmente para os gatos.

Podemos oferecer também água de coco, hidrata, é doce e eles adoram.

Leve o seu bichinho de estimação para tomar banho com você, deixe-o no ambiente respirando o ar úmido do seu banho, com isso ele lubrifica as vias áereas, diminuindo qualquer sensação de desconforto respiratório.

Para os peludinhos e os de nariz achatado (bradicefálicos) como o Shitzu e o Lhasa-apso uma tosa de verão pode amenizar o desconforto.

Esta turminha, por causa desta caracteristica física, é a que mais sente desconforto neste período de umidade baixa. O nariz achatado dificulta a respiração, diminuindo assim a troca de calor e por este fato deve-se ter cuidado com longas caminhadas.

Para estas raças citadas e mais o Bulldog Inglês, Bulldog Francês e o Pug, o ideal é caminhar pouco e não deixar o cachorrinho ficar ofegante, a dificuldade deles para perder calor pode provocar uma crise respiratória que em casos graves pode evoluir para parada respiratória.

Qualquer sintoma como tosse, dificuldade respiratória grave e sinais de desidratação entre outros não hesite em levar o seu amiguinho ao veterinário.E

E vamos rezar para a chuva chegar e beber muita água para hidratar!

18

08 2011